domingo, 8 de fevereiro de 2009

A Lenda de Despereaux


Já há uns tempos tinha escrito sobre o filme fantástico sobre A Lenda de Despereaux; gostei e amei com a minha família (principalmente as minhas duas crianças) e decidi comprar o livro e ler em família com a Carol que na sua tenra idade, quase já lê mais depressa do que eu.
Recomendo a todos os leitores: lê-se rapidamente, tem mensagens e valores que devemos reforçar, tanto nos adultos como nas crianças; é um óptimo livro para ler com os mais pequenos mas não só...
Opinião da Carol:
"Gostei muito do livro, é giro. Gostei muito da parte em que o ratinho conheceu a princesa. Acho que ser um ratinho com umas orelhas gigantes é engraçado. Este livro fala de amizade e que não podemos julgar os outros pelas aparências, porque todos pensavam que o ratinho por não ser igual aos outros, tinha algum defeito. Apesar de ser muito pequeno é muito corajoso porque foi salvar a princesa Ervilha."
"Despereaux estava livre. Passava os dias como queria: vagueava pelas salas do castelo, fitando a luz que vinha das janelas de vitrais com um ar sonhador. Ia para a biblioteca e lia vezes sem conta a história da bela donzela e do cavaleiro que a salvou."

in A Lenda de Despereaux, Gailivro, p.32.

5 comentários:

Pedro disse...

Eu também gostei imenso ;) É um excelente livro para todos.

Antonio Garcia Barreto disse...

Passei por aqui e gostei do que vi. Aproveito para deixar uma sugestão de leitura: "A Mulher da Minha Vida", Oficina do Livro, 2008. Está disponível para leitura o 1.º capítulo.
http://mulherminhavida.blogspot.com

Cristina Bernardes disse...

Obrigado pela sugestão...com certeza que irei à procura do livro.

Borboleta disse...

Fiquei curiosa.. Deve ser um livro mesmo muito querido =) beijinho*

Susana Costa disse...

Carolina:
Nunca te esqueças, SOMOS TODOS DIFERENTES, TODOS IGUAIS!
Beijocas,