domingo, 3 de janeiro de 2010

Os Pilares da Terra - Volume I

Sinopse: Na Inglaterra do século XII, Tom, um humilde pedreiro e mestre-de-obras, tem um sonho majestoso – construir uma imponente catedral, dotada de uma beleza sublime, digna de tocar os céus. E é na persecução desse sonho que com ele e a sua família vamos encontrando um colorido mosaico de personagens que se cruzam ao longo de gerações e cujos destinos se entrelaçam de formas misteriosas e surpreendentes, capazes de alterar o curso da história. Recheado de suspense, corrupção, ambição e romance, Os Pilares da Terra é decididamente a obra-prima de um autor que já vendeu 90 milhões de livros em todo o mundo.
 
A minha escolha para iniciar as leituras, em 2010, recaiu sobre um livro que me ofereceram no Natal: Os Pilares da Terra de Ken Follett - Volume I. Em pouco mais de uma semana, devorei este volume com avidez... e fiquei com imensa vontade de me agarrar ao segundo volume, o quanto antes... A história da construção de uma catedral pode não ser exactamente o que, a mim, me interessa no entanto todo o enredo deste romance histórico está construído com muita coerência, muita agilidade e subtileza em torno deste empreendimento. As personagens são, no geral, cativantes com traços relevantes que nos marcam e nos impressionam, tanto pela sua tolerância, pela sua generosidade, pela sua coragem, ou até mesmo pela sua malvadez. Mas isto é apenas o 1º volume... a minha opinião só poderá ser final aquando da leitura do 2º volume.

Estou ansiosa por me deliciar com ao resto da história.  

Data 1ª Edição: 18/07/2007
Nº de Edição: 10ª
ISBN: 978-972-23-3788-5
Nº de Páginas: 504
Dimensões: 150x230mm
País de Origem: Reino Unido

Biografia: Ken Follett, de nacionalidade britânica, é um autor extremamente popular, contando com cerca de 90 milhões de leitores no mundo inteiro. Embora se tenha tornado conhecido pelos seus thrillers – dos quais a Editorial Presença publicou já, na colecção «Minutos Contado», A Ameaça, foi Os Pilares da Terra que se tornou o seu maior bestseller. O Mundo Sem Fim promete, contudo, alcançar o mesmo sucesso. Traduzido em dezenas de línguas, atingiu os lugares cimeiros das tabelas de vendas logo após a sua publicação, tendo registado um total de 26 semanas de permanência entre os mais vendidos do The New York Times.

2010 / Leitura nº 1

8 comentários:

Carla Martins disse...

Poxa, conseguiu ler um livro nos 4 primeiros dias do ano??!! parabénsss, flor! Que 2010 seja um ano especial, de ótimas leituras! :)

beijinhos

Filipe de Arede Nunes disse...

É um livro interessante. Fácil de ler e cativante mas longe de vir a ser considerado um clássico.

Bom 2010.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

Mariane disse...

Queridas amigas...

Um pouco ausente esses dias pelas férias, correria... mas passei aqui para mandar um abraço carinhoso e desejar um 2010 cheio de paz e leituras, hehe! Bjos!

Les Curieux disse...

Olá!
Bom 2010 pra vc.
Beijos

Huncas disse...

O livro é interessante li-o ém uma semana...
Pode comprar o segundo, porque ainda falta o mundo sem fim que é uma continuação do mundo sem fim em si...
Vais gostar muito!
Bom 2010

t i a g o disse...

Li há dois anos os dois volumes, quase de seguida. Desde então continuam a ser uns dos livros da minha vida. Perfeitos! Talvez por isso tenha medo de ler a sequela... «Um mundo sem fim». Medo de me desiludir.

Áurea disse...

Já ouvi falar mas não conheço.
Vocês estão mesmo a aguçar-me o apetite.
Lá terei de comprar, não???
BJO
Áurea

Paco Bailac disse...

Un óptimo 2010 desde la aventura del coaching.


pacobailacoach.blogspot.com