quinta-feira, 19 de março de 2009

O caminho para uma grande paixão...


O caminho da felicidade…
A luz que ilumina os meus passos
Indica-me o melhor percurso para fugir de lugares devassos
Os meus passos dou e na vida deambulo
Tentando quebrar todas as barreiras escapando a todo e qualquer obstáculo
Passo a passo estou-me a aproximar
Do quê, não sei mas a algum lugar hei-de ir dar
Sinto-me uma pessoa deambulante
Sinto-me um ser errante
Caminho guiado por um pressentimento
Por um feeling que me conduzirá a um sentimento
Sentimento esse meu desconhecido
Continuo a caminhar, vou cansado e entristecido
Já distante, avisto algo e quedado fiquei
A reflectir nas voltas que dei, naquilo que palmilhei
Até a este lugar chegar e… sentir algo em mim a pulsar
Me encaminha para uma porta, que me atenta a puxar
Porta aberta, sortes ao vento, entro pronto a arriscar
E algo lá dentro fui encontrar
Encontrei paz, amor, carinho, compreensão
Encontrei também alguém a estender-me a mão
E me disse, deixa-te habitar no meu coração
Assim o fiz, assim surgiu algo… assim, nasceu uma paixão…
João Paulo S. Félix

1 comentário:

Cristina Bernardes disse...

Este teu poema, como todos os outros, está lindo, fabuloso...
Continua João, vais no bom caminho para te tornares um poeta com P "grande".