sábado, 16 de maio de 2009

Nova aquisição - O Beijo , a Paixão de Gustav Klimt

"Na glamorosa Viena de fin de siécle, a jovem filha de uma família burguesa, Emilie Flöge, conhece aquele que viria a ser o pintor austríaco mais famoso de todo o século XX - Gustav Klimt. A pedido do pai de Emilie, esta torna-se sua protégée, iniciando-se na arte do desenho e no meio criativo e libertino dos estúdios dos artistas. Intensa e tempestuosa, a relação da jovem Emilie com o pintor boémio vai assumindo, com o tempo, as tonalidades de uma paixão inconfessada, mas a que nenhum dos dois consegue opor resistência. Emilie torna-se sua amante, musa inspiradora da sua obra-prima, O Beijo, e seu grande amor. Com uma sensualidade vibrante, a prosa de Hickey transporta-nos para a atmosfera de elegância cosmopolita dos cafés vienenses, da ópera, das tertúlias, de uma comunidade de artistas extraordinária que agita a sociedade de Viena criando novos movimentos na arte. Um romance de estreia admiravelmente bem escrito, fascinante e encantatório como a própria pintura de Klimt."

Adoro este quadro deste famoso pintor.

Quando vi o livro O Beijo, a Paixão de Gustav Klimt de Elizabeth Hickey, não consegui resistir...
É a minha última aquisição.

6 comentários:

Pedro disse...

Eu adoro Gustav Klimt!!!!

Mal tiver oportunidade, vou adquiri-lo de certeza!

Presépio no Canal disse...

Temos a estampa numa bonita moldura no nosso quarto, por cima da cómoda :) Gosto muito de Klimt!

Esse livro deixou-me muito interessada :)

Sandra

Diana disse...

Gosto bastante deste pintor. Há, inclusive, um filme chamado Klimt com o John Malkovitch, que faz de Gustav Klimt. Fiquei bastante curiosa e, quando puder, acho que vou ler esse livro :)

isilda disse...

Um beijo destes é mesmo sentido. Além disso, o livro deve revelar o fulgor e a verdade dos sentimentos seus actores. Também tenho vindo a interessar-me por quadros de pintores que às vezes são os menos conhecidos na ribalta. Este é um deles.
Nunca é demais recordarmos um beijo, quando ele é sentido e doce, como este.
Obrigada pela sugestão de leitura e de pintura. A literatura conjugada com a pintura tem mais sabor.

Isilda

Andreia disse...

Também eu gosto imenso de Klimt!! " O Beijo" é um dos meus quadros preferidos de sempre, até tenho uma cópia dessa pintura na parede do quarto ( prenda do namorado) :) No entanto, desconhecia por completo este livro e fiquei bastante curiosa!

Lídia Valadares disse...

O quadro é magnífico, exprime sensualidade, força, beleza, criatividade e transborda de arte e singularidade. De facto, é um aperitivo irresistível para o livro... Espero que o texto tenha as mesmas tonalidades, traços e pinceladas e que também possa, à semelhança do quadro, ser considerado uma obra-prima. Despertou-me a curiosidade!

Lídia Valadares